sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

O Calabouço de Sauron

Patos - Paraíba

4° dia |

Os dias em Patos estão representando uma perfeita fuga da realidade. Todos os papeis que nós cumpríamos há uma semana foram virados ao contrário e sem propósito algum. Invertemos nossos hábitos diários, horários a não serem cumpridos e agora não ouvimos mais despertadores tocando. Hospedados na casa de Pequeno acordamos geralmente próximo ao meio-dia, pois na maioria das vezes dormimos após as 3 horas da madrugada, como hoje, por exemplo, nesse momento o relógio marca 4 horas e 42 minutos. O Calabouço de Sauron, vulgo quarto de Pequeno é uma espécie de Central de Entretenimento Necro Cult.



Quarto bastante espaçoso repleto de discos e filmes em expositores nas paredes. A casa fica no centro da cidade e o quarto no 1° andar que teria um ótimo conforto térmico se Patos não estivesse localizada no meio do sertão paraibano. E diferente do que todos pensam da primeira vez que ouvem o nome Patos, aqui não têm muitos patos perambulando pela rua, à origem do nome da cidade vem da Lagoa dos Patos, que provavelmente tinha alguns patos, mas hoje ela não existe mais, foi aterrada às margens do Rio Espinharas. Nossos dias têm sido basicamente uma degustação massiva de filmes e em sua maioria de horror. Desde superproduções francesas até os filmes da Canibal Filmes de Florianópolis. Muita decapitação, assombração, suspense, esquartejamento, facadas e obviamente sangue para todos os lados. Sempre Carol chega à casa de Pequeno na hora que acordamos, então vamos preparar o almoço, isso quando a tia dele não deixa pronto como ontem que ela cozinhou um baião de dois muito saboroso em uma panela enorme que era toda nossa. Após o almoço a pergunta nunca é: E aí, o que iremos fazer? E sempre: E aí, que filme iremos ver? Após uma média de três filmes por dia, estamos ficando zonzos e como todos os dias vamos caminhando pelas ruas de Patos enfrentando a noite para deixar Carol em casa, acabamos tendo inúmeras visões macabras, devido à imaginação já afetada e a cabeça cheia de seqüelas de tanta película. O mais legal de Patos é que ela te abriga sem muito custo, é uma estadia muito econômica, tudo que fazemos é a pé, o que para mim é a grande vantagem das cidades pequenas para as grandes. O centro comercial fica a no máximo 5 minutos de caminhada partindo do Calabouço de Sauron. A noite é similar a várias outras cidades interioranas, madrugada super silenciosa, vadios tomando cachaça na praça do centro e muitos gatos e cachorros vagabundos donos da noite.

Conhecemos alguns amigos de Carol e Pequeno, Slash o guitarrista flerte-fatal, o casal Tiago e Tatiana que parecem adorar ‘rolé água’ assim como nós, Alano o que tatua todo mundo fiado e Helena que é um belo fruto do cruzamento de pit-bull com dálmata e o mais importante é saber que o pai é o dálmata que, aliás, se garantiu na sedução. Ingrid hoje aparou as pontas do cabelo e a cabeleireira não cobrou nada, comprovando a teoria de que Patos é uma cidade econômica e a antiga falácia de Pequeno de que Patos é uma cidade modelo. Ainda teremos o dobro de dias aqui e pretendemos ir ao Pico do Jäzzus e mergulhar no Açude Jatobá, anteontem fomos na feirinha onde encontramos figuras excêntricas como o bebo da água de coco que nos implorou por umas pratas. E para quem quiser mais informações sobre os filmes, até o fim dos dias nessa cidade postaremos a lista dos que foram vistos aqui.

Dias de muito conforto, baganas e ventilador na cara o dia inteiro.

5 comentários:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

"Ingrid hoje aparou as pontas do cabelo e a cabeleireira não cobrou nada"

graças a carolis, nem um centavo...

Ana Morena disse...

Fuderoso Pedro. Como suspeitava, uma deliciosa e empolgante leitura.

Aguardando o próximo capitulo da saga andarilha de pedro mendigo e ingrid!

Eu não sou muito mochileira, mas do jeito que vc conta dá até vontade!

Boa andada! :D

Bira disse...

bagana pra mim eh baseado!!!!!!!! e a canibal filmes nao se situa em florianopolis e sim em palimitos, extremo oeste de Sc... perto de chapecó. só da retardado lá.... maaaaass conta com colaboradores d floripa tb. eu me candidatei a ser ator da canibal/gurcius gewdner produções, falaram q eu podia ser o detefive... mas ja vi q pelo jeito vo ter que da o rabo pro peter igual fazia na globo. bom role ai pra voces nao vejo a hora de ve-lossssssssss
:*

olavo disse...

estivemos lá em areia branca. o povo torce por vocês, camaradas :)